Boletim Mineiro de História

Boletim atualizado todas as quartas-feiras, objetiva trazer temas para discussão, informar sobre concursos, publicações de livros e revistas. Aceita-se contribuições, desde que versem sobre temas históricos. É um espaço plural, aberto a todas as opiniões desde que não contenham discriminações, racismo ou incitamentos ilegais. Os artigos assinados são de responsabilidade única de seus autores e não refletem o pensamento do autor do Boletim.

14.7.10

Número 237




Depois de um mês ausente, em função do agravamento do estado de saúde de minha filha mais velha, Raquel, e seu falecimento ocorrido dia 1º de julho, estamos de volta hoje, retomando nosso propósito de informar, discutir, analisar e divertir também.
Não posso deixar de agradecer aqui as dezenas de manifestações que chegaram por email, por telefone, por telegrama. Impossivel responder a todos(as) que ficaram ao nosso lado nesse momento realmente dificil. Impossivel, ainda, transcrever todas aqui. Por isso, transcrevo apenas duas, muito tocantes.
Nosso grande colaborador, Guilherme Souto escreveu:



Raquel foi um mulher fabulosa. Eu a conheci de longe, nas constantes mensagens do seu pai Ricardo Faria. Mas, apesar de não conhecê-la, sei que ela foi uma guerreira. E tive a confirmação disso hoje, na missa de 7º dia em intenção à sua alma. Ela lutou bravamente contra uma doença que apareceu na sua vida por 6 anos, mas foi vencida na semana passada.

Posso afirmar que a Raquel é uma guerreira, primeiro pelos relatos do seu pai, e agora devido a fala do padre que celebrou a missa. Já que ele nos revelou que a Raquel se submeteu, sem perder totalmente a esperança, a quase 100 aplicações de quimioterapia. Isso, na minha opinião, é que confirmar que é uma guerreira, pois apenas as guerreiras são assim.

Vai, Raquel, descanse em paz. E muito obrigado por me transmitir essa lição. Sinto muito, do fundo do meu coração, que você tenha que ter pago um preço tão alto para me ensinar que viver vale a pena.

Guilherme Souto

Leila Brito, amiga, poeta e filósofa nos enviou:



Caro amigo Ricardo...

Se direcionarmos nosso pensamento exclusivamente
para o significado da Morte como o limite máximo da vida,
com toda certeza, vamos chorar inconformados
a morte inaceitável de uma pessoa maravilhosa que merecia viver.
Mas, se ao contrário, nos conscientizarmos de que entre a Vida e a Morte
reside um encantamento que paira além da nossa compreensão,
vamos comemorar a vida de uma pessoa maravilhosa que precisou morrer.
Basta entender que, se nascemos para viver, obviamente, morremos para nascer.
Todos somos submetidos a esse processo de inversão existencial
em dois momentos cruciais da nossa passagem pelo planeta Terra:
quando nascemos e quando morremos.
Primeiro, nascemos para a Morte; depois, morremos para a Vida.
O processo do encantamento ocorre, justamente,
antes do nascimento e depois da morte,
fases de total dissolução física em que permanecemos sumariamente ENCANTADOS.
Foi, exatamente, a este encantamento que paira entre a Vida e a Morte,
e que a nossa compreensão não alcança,
que o sábio Riobaldo, personagem de Guimarães Rosa,
se referiu em suas divagações filosóficas, ao concluir:
Só as pessoas não morrem; tornam a ficar encantadas...
Assim como a sua amada filha RAQUEL.
Basta fechar os olhos e buscar a imagem dela em sua memória;
basta pensar nela e sentir a emoção da sua presença, para conseguir entender, que
ELA SE ENCONTRA ENCANTADA
em seu sentimento mais puro, mais bonito e mais intenso.
E isto a torna maravilhosamente ETERNA.

Com todo meu Amor-Philia,

Leila Brito
www.chacomletras.com.br



O governo de Minas Gerais fez parcerias e convênios com grandes empresas brasileiras e multinacionais para a implantação do que aqui é denominado CIRCUITO CULTURAL PRAÇA DA LIBERDADE.

Os prédios de fins do seculo XIX e inicio do XX, que compõem o conjunto arquitetônico da Praça e que são patrimônio do povo mineiro, abrigarão em breve "centros culturais" bancados pela Vale, Tim, Fundação Roberto Marinho, EBX (leia-se Eike Batista), Banco do Brasil, CEMIG e Fiat (museu do automóvel? muitoooo importante).

Como se fosse pouco, há ainda a intenção de se construir um hotel-boutique no atual predio do IPSEMG, sob a forma de parceria público-privada. É mole?

Para completar, a UFMG assina conjuntamente com a Tim um espaço de ciência, cedendo inclusive funcionários que lá trabalham. E fez parceria com a Vale, para pesquisa histórica que viabilize a implantação do Memorial de Minas - VALE. Foi-se o tempo em que a Universidade pública, financiada com o imposto do povo, para ele trabalhava. A VALE é povo?

Em Minas se governa assim: retirando do povo o seu patrimônio, e entregando-o aos gatunos de plantão, os de sempre. Assim, se transfere renda aqui em Minas.

Tudo feito como manda o figurino da direita: de cima pra baixo, sem consulta à sociedade civil.
Não é bacana?

O discurso legitimador de tudo isso seria risível, se não fosse revoltante.
Taí, oficialmente:

http://www.circuitoculturalliberdade.mg.gov.br/acontece-tres-predios-cppl.php





Isso não saiu na imprensa, assistam ao vídeo e passem para frente, vamos salvar as sagradas montanhas de Minas Gerais!


Minha amiga Erica defendeu dissertação de mestrado com o titulo Cidadania e multiculturalismo: a Lei 10.639/03 no contexto das escolas municipais de Belo Horizonte

Esta dissertação analisa a repercussão da Lei 10.639/03 e das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana no contexto das bibliotecas escolares da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte. A Lei 10.639/03 alterou dispositivos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB/1996) e tornou obrigatório o ensino de História da África e da cultura Afro-Brasileira em todas as escolas de ensino fundamental e médio do Brasil.
Buscou-se neste trabalho recuperar algumas concepções e idéias presentes no debate acerca da lei e de suas Diretrizes Curriculares correlatas. Procurou-se, ainda, contextualizar o cenário da aprovação dessa lei, apontando os desafios que esta indica ao Estado e à sociedade civil ao dar visibilidade a temas como a educação anti-racista, a pluralidade cultural e o multiculturalismo, além de colocar em pauta a discussão do novo papel do Estado na conformação da cidadania. Este trabalho partiu do pressuposto de que a biblioteca escolar na Rede Municipal de Belo Horizonte é um espaço educativo importante, portanto apresenta-se como um lócus privilegiado para análise da recepção da Lei 10.639/03, no que se refere à discussão da cidadania, do multiculturalismo e da pluralidade cultural. A escolha de bibliotecas das escolas da Rede Municipal de Belo Horizonte como universo de análise se deu pelas especificidades da proposta de educação do município.
A Proposta Escola Plural, em vigor desde 1994, defende princípios ligados à inclusão e ao respeito à pluralidade cultural. Além disso, existe na cidade um programa que busca “revitalizar” as bibliotecas escolares da Rede. Assim, procurou-se analisar como a Lei 10.639/03 e as Diretrizes Curriculares foram interpretadas e operacionalizadas nesse contexto.
Pela natureza do problema desta pesquisa e pelas especificidades da organização das bibliotecas escolares da Rede, optou-se por uma pesquisa em três etapas: na primeira, foram recolhidos e analisados os documentos referentes à Lei 10.639/03, realizaram-se, ainda, entrevistas com a coordenadora do Núcleo de Relações Étnico-Raciais e de Gênero e com a ex-coordenadora do Núcleo de Coordenação de Bibliotecas; na segunda etapa, buscou-se mapear se os bibliotecários das bibliotecas-pólo conheciam a Lei 10.639/03 e quais as suas concepções a respeito desta; na terceira, pretendeu-se identificar e analisar as práticas e as opções político-pedagógicas de uma biblioteca escolar no que se refere à Lei 10.639/03.
Na pesquisa, confirmou-se a idéia preliminar de que a proposta educacional do município de Belo Horizonte apresenta aspectos em comum com a discussão da Lei 10639/03, oferecendo um ambiente privilegiado para a implementação da lei. Percebeu-se que os discursos e ações no âmbito político-administrativo do município estão de acordo com as concepções das Diretrizes Nacionais, mas que a discussão sobre a temática da lei sensibiliza os bibliotecários da Rede de maneiras diferentes. Características pessoais como auto-identificação racial e interesse pela temática interferem na forma como estes processam a temática da Lei.
Os bibliotecários que participaram desta pesquisa, embora conhecessem a lei e reconhecessem a sua importância, tiveram opiniões muito distintas a respeito do papel da biblioteca na implementação dessa Lei. A estrutura administrativa do município de Belo Horizonte contribui para criar espaços para a discussão da Lei 10.639/03, mas os sujeitos se apropriam destes espaços de maneiras múltiplas.

O texto completo da dissertação estará disponível no site da UFMG dentro de dois meses.




Você conhece a história da British Petroleum?
Não é possível contar toda a história de canalhices da British Petroleum em poucas páginas, nem as conseqüências de seus negócios na geopolítica, na balança da guerra e da paz, na economia, no meio ambiente e no mundo em geral, envolvendo desde a política do Oriente Médio até pessoas sem posses, às vezes assassinadas em comunidades remotas. Este artigo oferece apenas um vislumbre da enormidade de crimes cometidos por essa empresa. A BP não representa nenhuma exceção entre as empresas petroleiras nem entre as grandes corporações. Sua história, além do vazamento de petróleo no Golfo do México, constitui um exemplo de enorme poder e impunidade. O artigo é de Julie Wark, do SinPermiso.
http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=16795&boletim_id=727&componente_id=12200




Problemas na investigação sobre a mudança climática

Atravessamos já a primeira década do século XXI e todas as previsões sobre a mudança climática se cumpriram. Mas aqueles que fazem montanhas de dinheiro vendendo combustíveis fósseis negam-se a reconhecer os danos já causados e, quando reconhecem, dedicam uma pequena parte de seus imensos lucros para o desenvolvimento de energias alternativas. Uma das coisas que fazem é tentar desmoralizar investigadores sérios que estudam a evolução do clima. O artigo é de Antonio Ruiz de Elvira, pesquisador do Fórum Europeu do Clima.
http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=16796&boletim_id=727&componente_id=12201















CIÊNCIA, CIVILIZAÇÃO E REPÚBLICA NOS TRÓPICOS
Organizador(es).: ALDA HEIZER E ANTONIO AUGUSTO PASSOS VIDEIRA
Páginas: 384
Edição: 1ª
Idioma: Português
Ano: 2010
Preço: R$ 46,00

Ciência, Civilização e República nos Trópicos é uma coletânea que reúne 21 textos relacionados às práticas das ciências no Brasil no período chamado de Primeira República ou República Velha. São trabalhos que descrevem, objetivamente, o domínio da ciência no País daquela época, procurando propor discussões sobre a produção intelectual no campo das ciências nos primeiros anos da República e dialogando com a historiografia conhecida. Os artigos têm origem no encontro acadêmico que, com o mesmo título do livro, foi realizado em 2008 no Rio de Janeiro e, em seu conjunto, apresentam uma unidade que pode ser traduzida por uma preocupação em propor temas com abordagens originais para a História das Ciências. Organizado pelos professores Alda Heizer e Antonio Augusto Passos Videira, Ciência, Civilização e República nos Trópicos tem uma gama de temas intencionalmente grande, trazendo à cena contribuições de competentes especialistas em suas áreas.




O Sistema FINANCIAR informa nova(s) oportunidades(s) na sua área de atuação.

Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sectes/MG):Prêmio de Divulgação Científica e Tecnológica Francisco de Assis Magalhães Gomes 2010

European Commission EuropeAid, European Union (EU):FP7 Call for Proposals People Programme: Marie Curie International Incoming Fellowships (SP3-People Calls: FP7-PEOPLE-2010-IIF)

European Commission EuropeAid, European Union (EU):FP7 Call for Proposals People Programme: Marie Curie International Outgoing Fellowships for Career Development (SP3-People Calls: FP7-PEOPLE-2010-IOF)

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes):Edital DRI/CGBE nº 12/2009 - Programa de Apoio à Participação em Eventos no Exterior (PAEX) - Processos Seletivos em 2010

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes):Edital DRI/CGCI nº 40/2010 - Bolsa CAPES/Fulbright de Estágio de Doutorando nos EUA 2011-2012

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes):Edital nº 42/2010 - Programa CAPES-FCT

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes):Edital CAPES nº 4/2010/DPB/CAPES - Seleção Pública de Propostas de Projetos de Eventos Voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País (PAEP)

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES):Chamada Pública de Seleção para Apoio a Projetos de Preservação de Acervos 2010

American Council of Learned Societies (ACLS):Comparative Perspectives on Chinese Culture and Society

American Association for the Advancement of the Science (AAAS):AAAS Award for International Scientific Cooperation




O Periódico Eletrônico Discente do Programa de Pós-graduação em História da UFMG - Temporalidades - está recebendo trabalhos, para seu quarto número, nas seguintes modalidades: artigos, transcrições documentaiscomentadas, resenhas.Para maiores informações sobre a Revista Temporalidades e informações para colaboradores verifique o site: www.fafich.ufmg.br/temporalidades
A data final para envio de textos para o quarto número é 09 de agosto de 2010.O periódico receberá materiais em fluxo contínuo para edições semestrais.
Quaisquer dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail:temporalidades@ gmail.com.




As inscrições de trabalhos para o VI Congresso Brasileiro de História da Educação que acontecerá na Universidade Federal do Espírito Santo, de 16 a 19 de maio de 2011, estarão abertas no período de 15 de julho a 30 de agosto de 2010. Informações sobre o evento podem ser encontradas na página da SBHE (www.sbhe.org.br) ou diretamente no sítio do congresso (www.cbhe6.com.br).



A Revista Espaço Acadêmico, edição nº 110, julho de 2010, foi publicada (anexo).
Destaque da edição: DOSSIÊ ERICH FROMM, organizado pelo Prof. Nildo Viana.
Acesse: http://www.periodicos.uem.br/ojs/index.php/EspacoAcademico/index

Agradecemos a todos que contribuíram, especialmente ao Prof. Nildo Viana, e que tornaram possível mais este número.




Diamantina ganha Teatro
O Teatro Municipal Santa Isabel, mais novo espaço dedicado às artes na cidade, esta pronto para ser inaugurado depois de três anos de reforma.
Foram gastos R 1. 768.740,45, sendo 70% do Programa Monumenta e 30% de contrapartida Municipal.

O Teatro Municipal Santa Isabel possui capacidade para receber 142 espectadores e uma área de mais 760 m². O espaço ainda conta com um sofisticado foyer, logo na entrada, que pode abrigar diversos eventos, como sessões de autógrafos, exposições e vernissages.
Somando à beleza e ao conforto, o Teatro Municipal Santa Isabel também tem os mais modernos mecanismos cênicos do país e sua acústica respeita a variação de som de cada tipo de espetáculo utilizando o que há de melhor no mundo. Além de peças, o teatro ainda permite a exibição de filmes de 35 mm e digitais.
Somando à beleza e ao conforto, o Teatro Municipal Santa Isabel também tem os mais modernos mecanismos cênicos do país e sua acústica respeita a variação de som de cada tipo de espetáculo utilizando o que há de melhor no mundo. Além de peças, o teatro ainda permite a exibição de filmes de 35 mm e digitais. A inauguração foi terça-feira, 13 de julho, com presença de autoridades, representantes do IPHAN e Programa Monumenta.
Fotos: Carlos Emanuel Lopes










Commonwealth: amor e pós-capitalismo
Inédito no Brasil, novo livro de Negri e Hart desafia pessimismo acadẽmico e enxerga, nos novos desejos, rebeldia e subversão

O cartunista da luta palestina
Reconhecido internacionalmente (embora boicotado na mídia brasileira), Latuff expõe seu trabalho. Entrevista para Niara de Oliveira e colaboradores

De José Saramago para o Fórum Social Mundial
Em carta ao II FSM, escritor viu democracias contemporâneas reduzidas a rituais vazios e apostou na resistência global

Fragmento de esperança em outro desenvolvimento
Fracassados ambientalmente, os países "desenvolvidos" ensaiam um discurso de "sustentabilidade". O Brasil será capaz de sugerir outro caminho?

Quem pode deter Israel
Os políticos tradicionais falharam. Mas o mundo fartou-se de Telavive e as sociedades ensaiam o "já basta!" Por Robert Fisk

Petrobrás: a ideologia e o debate real
A sociedade brasileira tem o direito de decidir o que fará com o petróleo; a mídia prefere um discurso rançoso






Didática da História é uma rede social que busca integrar pesquisadores e professores que se interessam pela pesquisa em Ensino de História
http://didaticadahistoria.ning.com/




I Encontro Nacional de Pesquisadores em Histórias das Ciências
ENAPEHC 2010
22, 23 e 24 de setembro
Belo Horizonte - MG
Fafich/UFMG

Com intuito de fortalecer espaços de interação entre grupos e pesquisadores em História das ciências, o Programa de Pós-Graduação em História da UFMG – PPGHIS e o Grupo Scientia – Grupo de Teoria e História da Ciência da UFMG realizarão, com apoio da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas – Fafich/UFMG, o I Encontro Nacional de Pesquisadores em História das Ciências – ENAPEHC.

O ENAPEHC ocorrerá nos dias 22, 23 e 24 de setembro de 2010, em Belo Horizonte, na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas – Fafich/UFMG.

Serão apresentadas Mesas-Redondas e Conferências com importantes pesquisadores em História das ciências de todo o Brasil. Os interessados poderão se inscrever nas modalidades: Simpósio Temático (doutores e doutorandos), Comunicação (titulação livre) e Ouvinte. Haverá publicação de anais eletrônicos (com ISBN) e entrega de certificados emitidos pelo Centro de Extensão – CENEX/UFMG.

Inscrições para Simpósios Temáticos: de 01 de junho a 01 de julho.
Inscrições de Comunicações: de 15 de julho a 15 de agosto.
Resumos deverão ser enviados para o email: enapehc.ufmg@gmail.com

A programação do evento, bem como as informações referentes às inscrições e diretrizes para colaboradores, estará disponível no site: www.fafich.ufmg.br/enapehc




O Ministério do Turismo, em convênio com a Fundação Universa, está oferecendo 20 ( vinte) cursos na área de Turismo. Os que estiverem interessados deverão inscrever-se no endereço abaixo. Os cursos são gratuitos e o interessado pode inscrever-se para mais de um curso.
http://www.capacitacaoemturismo.org.br/portal/matricula.php



Um candidato à procura de um vice...





INFORMATIVO DA ANPUH

PROCESSO SELETIVO PARA MESTRADO
Instituição: Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)Inscrições: até 26/07/2010
Mais informações

PRÊMIO DE PESQUISA - MEMÓRIAS REVELADAS
Instituição: Arquivo NacionalInscrições: até 30/07/2010
Mais informações

2ª OLIMPÍADA NACIONAL EM HISTÓRIA DO BRASIL
Instituição: Museu Exploratório de Ciências (MC) da Unicamp
Inscrições: até 06/08/2010
Mais informações


XVII ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-MG - CONHECER, PESQUISAR E ENSINAR HISTÓRIA: O LUGAR DO CONHECIMENTO NO MUNDO CONTEMPORÂNEO
Data: 18 a 23 de julho de 2010
Local: Universidade Federal de Uberlândia - Campus Santa Mônica
Mais informações

XIV ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH RJ: MEMÓRIA E PATRIMÔNIO Data: 19 a 23 de julho 2010
Local: Universidade Federal do Estado do rio de Janeiro (UniRio)
Mais informações

IV CONGRESSO LATINO-AMERICANO IMAGENS DA MORTE
Data: 19 a 23 de julho 2010
Local: Universidade Salgado de Oliveira - Campus Niterói
Mais informações

CICLO DE DEBATES 2010- A PRESENÇA JESUÍTICA NA AMÉRICA PORTUGUESA
Data: 22 a 29 de julho de 2010
Local: Páteo do Collégio
Mais informações

XIV ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-PB: HISTÓRIA, MEMÓRIA E COMEMORAÇÕES
Data: 26 a 29 de julho de 2010
Local: Universidade Federal da Paraíba
Mais informações

X ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-RS: HISTÓRIA E LIBERDADE
Data: 26 a 30 de julho de 2010
Local: Universidade Federal de Santa Maria
Mais informações

V ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-BA: HISTÓRIA E MEMÓRIAS: LUGARES, FRONTEIRAS, FAZERES E POLÍTICAS
Data: 27 a 30 de julho de 2010
Local: Universidade Católica do Salvador (UCSAL)
Mais informações

IV SEMINÁRIO NACIONAL DE HISTÓRIA DA HISTORIOGRAFIA: TEMPO PRESENTE & USOS DO PASSADO
Data: 16 a 19 de agosto de 2010
Local: Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
Mais informações

IV ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-RN: IDENTIDADES NA HISTÓRIA
Data: 16 a 20 de agosto de 2010
Local: Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Mais informações

SEMINÁRIO CARIRI CANGAÇO
Data: 17 a 22 de agosto de 2010
Local: Aurora; Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Missão Velha
Mais informações

FAZENDO GÊNERO
Data: 23 a 26 de agosto de 2010
Local: Universidade Federal de Santa Catarina
Mais informações

VIII ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA- 20 ANOS DE ANPUH-PE: O OFÍCIO DO HISTORIADOR E OS NOVOS TERRITÓRIOS DA HISTÓRIA
Data: 24 a 27 de agosto de 2010
Local: Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
Mais informações

XIII FÁBRICA DE IDÉIAS: PATRIMÔNIO, MEMÓRIA E IDENTIDADE
Data: 09 a 27 de agosto de 2010
Local: Universidade Federal da Bahia (UFBA)
Mais informações

XI CONGRÈS INTERNATIONAL DES SCIENCES HISTORIQUES
Data: 22 a 28 de agosto 2010
Local: L'Universiteit van Amsterdam (UvA)
Mais informações

III SIRCP: SIMPOSIO INTERNACIONAL SOBRE RELIGIOSIDAD, CULTURA Y PODER Data: 25 a 27 de agosto de 2010
Local: Universidad de Buenos Aires
Mais informações

VII ENCONTRO NACIONAL DO GRUPO DE TRABALHO EM HISTÓRIA ANTIGA DA ANPUH
Data: 30 de agosto a 3 de setembro de 2010
Local: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
Mais informações

III ENCONTRO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA COLONIAL
Data: 04 e 07 de setembro de 2010
Local: Universidade Federal de Pernambuco
Mais informações

XIII ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-SC - HISTÓRIA: DESAFIOS PARA O TEMPO PRESENTE
Data: 05 a 08 de setembro de 2010
Local: Universidade Comunitária da Região de Chapecó – Unochapecó
Mais informações

XX ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-SP: HISTÓRIA E LIBERDADE
Data: 06 a 10 de setembro de 2010
Local: Universidade Estadual de São Paulo - Campus Franca
Mais informações

VI ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-MT: HISTÓRIA, NATUREZA E FRONTEIRAS
Data: 08 a 11 de setembro de 2010
Local: Universidade Federal de Mato Grosso - Cuiabá (UFMT)
Mais informações

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA AMBIENTAL E MIGRAÇÕES
Data: 13 a 15 de setembro de 2010
Local: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Mais informações

II CONGRESSO INTERNACIONAL DO NÚCLEO DE ESTUDOS DAS AMÉRICAS: SISTEMAS DE PODER,PLURICULTURALIDADE E INTEGRAÇÃO
Data: 20 a 24 de setembro de 2010
Local: Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Mais informações

IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL EM MEMÓRIA E PATRIMÔNIO
Data: 22 a 24 de setembro de 2010
Local: Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)
Mais informações

IV ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-MA: PATRIMÔNIO HISTÓRICO, MEMÓRIA E ENSINO
Data: 27 a 30 de setembro de 2010
Local: Universidade Estadual do Maranhão - Caxias (UEMA)
Sem mais informações

SIMPÓSIO INTERNACIONAL - GUERRA E HISTÓRIA
Data: 28 a 30 de setembro de 2010
Local: Universidade de São Paulo (USP)
Mais informações

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial