Boletim Mineiro de História

Boletim atualizado todas as quartas-feiras, objetiva trazer temas para discussão, informar sobre concursos, publicações de livros e revistas. Aceita-se contribuições, desde que versem sobre temas históricos. É um espaço plural, aberto a todas as opiniões desde que não contenham discriminações, racismo ou incitamentos ilegais. Os artigos assinados são de responsabilidade única de seus autores e não refletem o pensamento do autor do Boletim.

3.2.09

Número 174





A crise comparece mais uma vez no Boletim. Primeiro, falamos do blog que as esposas e namoradas dos banqueiros norte-americanos criaram para falar de suas angústias. Depois, a abordagem de quatro especialistas que estavam participando do Forum Social Mundial, abordagem essa que recebe o sugestivo título de “apocalipse now”.
Em Vale a pena ler, a Revista Historia Viva 64, o Atlas da Segunda Guerra Mundial, várias revistas acadêmicas (tanto para ler quanto para colaborar com artigos), e os livros Brasileiros e Cidadãos – O laboratório de Gramsci – A Corte e o mundo.
Nos links para sites e blogues, destaque para a Agência Carta Maior, a revista Fórum e o jornal Brasil de Fato com ampla cobertura do FSM. Ainda: novo blog político-cultural – A crise dos grandes jornais – O papel do individuo na Historia e a obamamania – O eterno sigilo da história brasileira – o referendo boliviano – A visão sagrada de Israel – Os vôos da morte da ditadura argentina nos anos 70 – a Biblioteca Multimidia da Europa.
Com o fim das férias, as Noticias voltam a pleno vapor. Vários concursos para professores, bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, Festival de filme etnográfico, simpósios, colóquios, curso de especialização, exposições...a agenda promete!
Bom proveito!

Sábado à tarde, depois de assistir a um DVD, vim para o computador, ver se já havia matérias interessantes para o boletim. Eis que me deparo, no portal do Yahoo, com a chamada: As dondocas da crise. Desoladas, mulheres de banqueiros criam blog para desabafar.
Fui atraído para a leitura e aqueles que acharem que vale a pena, podem ler aqui:
http://br.noticias.yahoo.com/s/31012009/40/entretenimento-crise-wall-street-afeta-mulheres.html
Em síntese, o artigo fala da crise chegando aos lares da alta classe norte-americana. Mulheres e namoradas de poderosos banqueiros e investidores, de uma hora para outra se viram às voltas com uma vida extremamente bizarra para seus padrões. Assim, resolveram criar o blog para compartilhar suas aflições, seus desapontamentos, suas frustrações.
É fantástico. Elas se queixam de tudo: nada de jantares nos mais caros restaurantes, nada de car
tões de crédito sem limites, ninguém mais freqüenta as caríssimas lojas. E, pasmem: estão elas e seus namorados/maridos freqüentando prosaicas lanchonetes de fast-food, saboreando deliciosos hambúrgueres. Com batatas fritas, é claro...elas não poderiam faltar.
Muitas estão seriamente preocupadas com os efeitos da crise sobre seus físicos, pois tiveram de deixar as luxuosas academias de lado... as rugas começam a aparecer: oh! Horror!!!
Tem o caso de uma outra que fazia justamente o papel da “outra” de um banqueiro, que agora reclama não poder mais viajar, e nem recebe mais presentes dele...que ingrato, não?
O jeito é começar a vender as obras de arte que compraram na época das vacas gordas, para tentar manter a imagem de poder que tiveram.
Solução legal foi dada por uma outra, que largou tudo, se mandou para a América do Sul e, na Argentina, encontrou alguém para uma aventura...
Esta é a síntese da notícia. Dá o que pensar, não dá?


Apocalipse now
Em um debate sobre a crise, quatro especialistas convidados para o Fórum Social Mundial trouxeram más notícias. Pareciam os quatro cavaleiros do apocalipse. Segundo eles, os problemas estão só no começo e vão se aprofundar, jogando milhões de pessoas no desemprego. E as esquerdas, alerta um dos debatedores, estão paralisadas, sem coragem de denunciar isso e exigir mudanças reais. A análise é de Bernardo Kucinski.
Bernardo Kucinski

BELÉM - Tenho más notícias. A crise econômica está só no começo. Vai se aprofundar, durar anos, jogar milhões no desemprego e na rua da amargura. A profecia é de gente que entende, quatro especialistas convidados para o Fórum Social Mundial em um debate organizado por uma entidade também respeitável, a Fundação Friedrich Ebert. Pareciam os quatro cavaleiros do apocalipse.
Um deles, Joseph Borrell, com PhD em economia, ex-ministro de Obras da Espanha, cheio de outros títulos e credenciais, disse com todas letras que “os banqueiros que provocaram essa crise deveriam ser presos e processados por crimes contra a humanidade,” tal o estrago que provocaram no mundo e ainda provocarão. Mas em vez disso, estão soltinhos da vida, e ainda levaram de prêmio milhões de dólares como bônus de gratificação.
Na Espanha, diz Borrell, um milhão de pessoas perderam o emprego só nos três últimos meses. A taxa de desemprego deve atingir 17% da força de trabalho, a que havia na Espanha 15 anos atrás. “Recuamos 15 anos de nossa história econômica”, diz ele. Outra dimensão da profundidade da crise na Espanha é o estoque de 12 milhões de moradias vazias, sem comprador.
O economista do DIEESE Adhemar Mineiro, escolado e escaldado em economia internacional, disse que se trata de uma crise de todo o sistema econômico baseado na supremacia do capital financeiro e expansão ilimitada do crédito. Não é coisa pequena, localizada. É uma crise estrutural desse modo de produção e consumo. A idéia de que a América Latina estaria imune ou menos vulnerável aos efeitos da crise também já foi para o ralo. Adhemar ressaltou o fato de que previsões cada vez mais pessimistas estão se sucedendo com rapidez. A previsão de que o PIB do Brasil cresceria 4% este ano foi rapidamente rebaixada à metade e hoje já se fala em crescimento zero.
O prognóstico é ainda pior para outros países da América Latina, de economia menos diversificada, que dependem de exportação de uma ou duas commodities, como Venezuela, Argentina, Chile. Vai ser pesado o efeito combinado do estrangulamento do crédito e queda no preço das commodities.
O sistema simplesmente parou e não conseguem religá-lo, diz Oscar Ugarteche, do Instituto Nacional de Pesquisas do México. Outro que tem Phd. Para ele ainda estamos na primeira etapa da crise. Uma montanha de títulos podres continua entupindo o sistema. O total de títulos e papéis criados pelos bancos é de 16 vezes o valor da riqueza real que os poderia lastrear. Essa montanha de títulos podres ainda está para desabar, só não se sabe quando e como. A bolha das hipotecas foi só a primeira.
Igualmente agourenta estava Modly McCoy, ativista da Confederação Internacional Sindical, que atua em nome dos trabalhadores no FMI e Banco Mundial. O discurso dessas entidades mudou com a crise, mas a prática não. Mesmo nos empréstimos emergenciais oferecidos nos últimos meses para tentar aplacar a sede de crédito continuaram impondo as condicionalidades neo-liberais: privatizar a previdência, reduzir salários de funcionários públicos e por aí afora. Não houve mudanças substantivas nessas estruturas de poder.
Por que está tão difícil atacar a crise? Em primeiro lugar porque precisaria haver um novo poder sobre o funcionamento da economia. Não adianta querer que o poder financeiro resolva, diz Adhemar Mineiro. Em segundo lugar, a crise já é global, mas as medidas anti-cíclicas que vêm sendo tomadas limitam-se a países. Poderiam até dar resultado nos marcos de uma integração regional porque a produção hoje em dia se dá numa escala que exige mercados ampliados, diz Oscar Ugarteche. O pior de tudo, diz Joseph Borrell, é que a condução das soluções está nas mãos dos mesmos sujeitos que provocaram a crise. Os governos estão enchendo os bancos de dinheiro, sem exigir nada em troca. Ao contrário, ainda prometem que vão fazer de tudo para não nacionalizar os bancos, e pedem desculpas, se tiverem que nacionalizar será tudo temporário. E os paraísos fiscais, que ele chama de “o lado escuro do sistema financeiro”, continuam intocáveis”. “As esquerdas não tem coragem de denunciar tudo isso e exigir mudanças reais. Estão paralisadas.”




VALE A PENA LER

1. Nas bancas, o numero 64 da Revista História Viva.
Traz um dossiê sobre O legado de Maomé.
Artigos principais: Alerta chinês a Stalin – Carnaval: milênios de folia – Amazônia para os americanos – Elizabeth I, forjada no sofrimento – Nheegatu, o outro idioma do Brasil – O trágico amor de Inês de Castro e Pedro I – O “futebol” maia.
**************
2. Brasileiros e cidadãos

O nascimento de nossa modernidade política
Discutir a formação da nação, dos direitos e da cidadania na passagem para a modernidade é o objetivo primordial desse livro. A historiadora Gladys Sabina Ribeiro é a organizadora das análises que priorizam os direitos políticos e civis levando em consideração os valores e as práticas sociais dos períodos que vão do Primeiro Reinado aos dos últimos anos do Império e ao começo da Primeira República.
A partir de temáticas e de enfoques diferentes, mas com eixo nas concepções de cidadania produzidas pela tradição ocidental, o livro enfoca as diferentes concepções de direito e as relações dos cidadãos com o governo e com as instituições do Estado, além de permitir subsídios para a discussão sobre a formação da sociedade civil, equilibrando o papel do Estado e o da sociedade.
Brasileiros e cidadãos é estruturado em três partes distintas: primeiramente, o enfoque está voltado para a nação e a cidadania dentro do contexto do constitucionalismo. Depois são enfatizadas as questões relativas ao Direito, às leis e à cidadania na passagem à modernidade republicana. Por fim, o livro trata do sonho da Primeira República como espaço de cidadania democrática e republicana e versa também sobre as atitudes dos indivíduos que recorriam à Justiça para fazer valer os direitos.
Neste livro, a compreensão dos fatos históricos e a formação dos direitos de cidadania fazem com que as interpretações sobre esses assuntos através da história resultem numa maior compreensão dos processos na nossa atual história política. Dessa forma, uma nova história política se cruza com a história social e cultural da sociedade.
Sobre o autor
Gladys Sabina Ribeiro é professora associada do departamento de História e coordenadora executiva do Centro de Estudos do Oitocentos (CEO)/PRONEX - CNPq – FAPERJ Universidade Federal Fluminense.
Livro: Brasileiros e cidadãos
Autor: Gladys Sabina Ribeiro (org.)
Edição: Alameda
Preço: 492 pág. - R$ 48,00
*************
3. - A Contemporâneos - Revista de artes e humanidades (Núcleo de Estudos e Pesquisas da Contemporaneidade - NEPCON - USP/UFV) já recebe propostas de artigos, resenhas, opiniões e ensaios críticos para a próxima edição. A revista e' especializada em fenômenos ligados 'a historia dos séculos XX e XXI. Mais informações em: http://www.revistacontemporaneos.com.br/.
*********
- Foi lançado em versão impressa e virtual o novo numero de ANOS 90 (revista do Programa de Pós-Graduação em Historia da UFRGS), com o dossiê "Africa-Brasil". Mais informações em http://www.ufrgs.br/ppghist/anos90.htm
************
4. Lançamento de livros
- VILLARES, Luiz Fernando. Direito e povos indígenas. Paraná': Juruá' Editora, 2009.- CASTILHO, Lisa Earl. Entre a oralidade e a escrita: a etnografia nos candomblés da Bahia. Edufba, 2009.
************
5. Revista/Chamada de artigos e lançamento
- A Revista Brasileira de Ciência Política (UnB) esta' recebendo artigos e resenhas para o dossiê "Gênero e Política", cuja previsão de lançamento e' para o segundo semestre de 2009. Os artigos que abordem outros temas devem ser encaminhados para a "Seção Livre". Mais informações em http://www.ipol.unb.br/.
**********
- A revista Anthropologicas (PPGA/UFPE) recebe, ate' 30/6/2009, artigos, ensaios e resenhas para o numero 20(2), 2009. O tema e' livre. Mais informações em http://www.ufpe.br/revistaanthropologicas.
*******
- A revista Opsis recebe artigos, ate' 30/4/2009, para seu próximo numero, cuja temática e' "Cultura e Representações". Mais informações em http://www.catalao.ufg.br/historia/revistaopsis.
*******
- A revista Cadernos do CEAS (Centro de Estudos e Ação Social) completa 39 anos e lança sua 229a. edição com artigos sobre universidade popular, crise econômica mundial, agronegócio e assembléia popular. Para assinatura, aquisição de um exemplar ou mais informações: revista@ceas.com.br ou tel. (71) 3247-1232.
*********
- A revista eletrônica Cadernos de Historia abriu chamada de artigos para o numero temático "Escravidão, trabalho e trafico atlântico" (Edição Ano 4 - no. 1) ate' 13.2.2009. A Edição Ano 3 - no. 2, "Imprensa, espaço publico e cultura política", será lançada no final do mês de janeiro. Mais informações em http://www.ichs.ufop.br/cadernosdehistoria.
*********
- A revista virtual de antropologia Vibrant recebera', ate' 31/1/2009, artigos, resenhas e material audiovisual para sua edição 5.2, cujo tema e' "Pesquisas Sul-Sul". As contribuições devem ser inéditas e redigidas em inglês, Frances ou espanhol. Os textos devem ser enviados 'a editora convidada, Kelly Cristiane da Silva (kellysa@uol.com.br), com copia para o editor, Peter Fry (peterfry@uol.com.br). Mais informações em http://www.vibrant.org.br/.
************
6. O laboratório de Gramsci: filosofia, história e política
Bianchi nos oferece um conjunto de idéias que devem ser lidas não somente por especialistas, mas por militantes da construção de uma sociabilidade para além do Capital. Em sua obra faz uma síntese absolutamente necessária de militância e conhecimento tão difundidos principalmente nos meados de 1970.O contexto da luta contra as ditaduras latino-americanas, simultaneamente ao processo de crise e decomposição das organizações tradicionais da esquerda, possibilitou que nosso continente fosse um ambiente favorável para a recepção das idéias gramscianas. Os conceitos-chaves de Gramsci dentre eles: “hegemonia”, “bloco histórico”, “intelectual orgânico” e “sociedade civil”, passaram a fazer parte do vocabulário intelectual e político dos países. Suas formulações e idéias são trabalhadas com maior intensidade na América Latina, mais até do que em seu próprio país. Suas teorias e seus escritos aparecem no cotidiano da prática política brasileira: no jornalismo, nos discursos e, principalmente, no debate intelectual.
FICHA TÉCNICA
Título: O laboratório de Gramsci: filosofia, história e política
Autor: Álvaro Bianchi - Editora: Alameda - Ano da publicação: 2008
Páginas: 320 - Preço: R$ 42,00
**********************
7. Uma bela surpresa na bancas.
Em 3 volumes, a editora Escala apresenta a coleção Atlas da Segunda Guerra Mundial.
Além de um texto muito claro, o forte da coleção são, evidentemente, as centenas de mapas de batalhas, de posições, tanto na Europa quanto na Ásia. Muitas fotos, de excelente qualidade, também podem ser admiradas na coleção.
************
8. A Corte e o Mundo
Andrea Slemian e João Paulo G. Pimenta fazem um estudo macro, mostrando o que se passava no mundo na época da vinda da Corte para o Brasil. O livro fala sobre a invasão espanhola, depois que recebeu apoio da França, e de outros temas menos explorados, como o Norte, o Maranhão e o Pará, onde a Corte é mais longínqua.
Editora Alameda, 180 páginas.


NAVEGAR É PRECISO

1. Site da Agência Carta Maiorhttp://www.cartamaior.com.br/
Amplo noticiário sobre o Forum Social Mundial 2009, que aconteceu semana passada em Belém do Pará.
**********
Bernardo Kucinski
Ao inverter a prioridade do poder do cidadão de acesso às informações públicas contida na Constituição em proveito do direito de censura por parte do Estado, a lei de “sigilo eterno” imprime à democracia uma continuidade do estado de exceção. - 30/01/2009
************
2. Site do Jornal Brasil de Fatohttp://www.brasildefato.com.br/
Bolívia
Para os mais pobres, referendo foi por Evo; ricos temem pelo direito à propriedade
A proposta de fundação de um Estado plurinacional, expressa na nova Constituição boliviana, chama a atenção do mundo e rompe com alguns valores que remontam à Revolução Francesa
**********
Fórum Social Mundial
"O grande papel deste Fórum é reafirmar que este modelo não tem futuro"
Em entrevista, Sérgio Haddad, coordenador geral da Ação Educativa afirma que o FSM é tão importante que até os meios de comunicação coorporativos estão mais sensíveis a ele

-> Sob a chuva da Amazônia, todos os povos reunidos
-> Fórum pede participação popular na Saúde
-> Mídia Livre: tomar a hegemonia
-> Ecologia e espiritualidade para além das religiões
****************
3. Blog do Mellohttp://blogdomello.blogspot.com/
Artigo de Fiori mostra ‘A visão sagrada de Israel’
Artigo do economista e cientista político José Luis Fiori, publicado originalmente no Valor Econômico e reproduzido na íntegra no Portal Vermelho, e agora aqui [grifos e intertítulos do Mello].
***********
Vídeo: Ex-capitão da Marinha argentina conta como foram os 'voos da morte'
O ex-capitão da Marinha argentina Alfredo Shilingo conta em detalhes como foram os chamados "voos da morte", em que opositores da ditadura militar argentina eram atirados ainda vivos de aviões em alto-mar. O vídeo é parte do documentário "El alma de los verdugos", escrito pelo juiz Baltazar Garzón, e que pode ser visto na íntegra, dividido em 12 partes, no Youtube.
*******************
4. Edição especial do LadoB da Revista Fórum.
A cobertura do Fórum Social Mundial: www.revistaforum.com.br e www.ciranda.net
Se um outro mundo possível é com Barack Obama, então não há outro mundo?Por Glauco Faria [30/01/2009 12:12hs]Para o sociólogo belga Eric Toussaint, presidente estadunidense não deve ter espaço no FSMhttp://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6065
*********
Espaço aberto, um processo ou assumir bandeiras ou se relacionar com partidos?Por Anselmo Massad [29/01/2009 18:05hs]Discussão sobre o futuro do Fórum mostra que diversidade vai além das bandeiras e inclui a própria função do FSMhttp://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6059
*********
Jogando "em casa", Dilma participa do FSM como candidataPor Glauco Faria [29/01/2009 20:06hs]Em evento sobre participação da mulher no poder, ministra foi aclamada, deu autógrafos e discursou como presidenciávelhttp://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6062
********
A quem serve o Direito no Brasil?Por Bruna Escaleira e Camila Souza Ramos [29/01/2009 19:54hs]FSM coloca Poder Judiciário na discussão sobre os direitos humanos universaishttp://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6061
**********
Pochmann: "Crítica do FSM já foi introjetada pelo próprio Fórum Econômico de Davos"Por Brunna Rosa [29/01/2009 18:18hs]O presidente do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) e colunista da revista Fórum foi um dos participantes do Fórum Sindical Mundial, evento ...http://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6060
**********
*********
Divulgue o edital dos Pontos de Mídia Livre http://www.revistaforum.com.br/sitefinal/blog/default.asp#6050
***********
Solução para questão do transporte exige responsabilização estatal e nova filosofia da mobilidadePor Camila Souza Ramos [29/01/2009 16:25hs]Professora de sociologia aponta a criação de uma nova filosofia para a mobilidade humana livre da lógica do capital http://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6057
**********
Chico Whitaker: camponeses oprimidos e povos da floresta são destaques do FSM
Por Anselmo Massad [29/01/2009 15:05hs]Um dos idealizadores do Fórum Social Mundial, o ativista destaca participação popular e indígena em Belém http://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6053
**********
Pan-Amazônia: Pontos cegos na fronteira facilitam tráfico de mulheresPor Brunna Rosa [29/01/2009 14:38hs]A organização não-governamental, Sodireitos atua contra o trâfico de pessoas na região pan-amazônica. Segundo Marcel Hazeu, em entrevista a http://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6052
**********
Voluntários garantem organização 2.000 pessoas, a maioria entre 18 e 24 anos, atuam em diferentes frentes de trabalho. http://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6051
*********
Quando o nativo não é herói Por Glauco Faria [29/01/2009 10:11hs]Pescadores do Médio Solimões que migraram para a cidade foram esquecidos por ambientalistas http://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6049
***********
O grande papel deste Fórum é reafirmar que este modelo não tem futuro, garante Sérgio HaddadPor Brunna Rosa [29/01/2009 07:08hs]http://www.revistaforum.com.br/sitefinal/NoticiasIntegra.asp?id_artigo=6047
************************
5. Recebi de minha amiga e escritora Leila Brito:
Convido-o(a) a acessar esse endereço: http://viaimigrantes.blogspotcom/
e ler uma crônica que acabei de postar.
Lá também já tem uma bela crônica do Luiz Castro – criador do Blog, um mineiro de BH residente nos Estados Unidos.
Colega-comentarista do fórum internacional “Mundo” da Folha Online, o Luiz resolveu, numa troca de idéias comigo no MSN, criar este Blog para expor suas idéias, e convidou-me para participar.
O Blog também contará com crônicas de dois outros convidados: a advogada Shirley Machado (SP) e o escritor e historiador Fabrizio Wrolli (SP).
Peço-lhes que recomende o Blog aos seus amigos, para que nos prestigiem com uma visita costumeira, deixando lá seus comentários – sua opinião sobre o assunto.

6. Inaugurada biblioteca multimédia on-line da Europa
A biblioteca multimédia on-line da Europa, "Europeana", está acessível desde hoje ao público, que através da Internet poderá aceder a mais de dois milhões de obras dos 27 Estados-membros da União Europeia. Esta biblioteca virtual conta com livros, mapas, gravações, fotografias, documentos de arquivo, pinturas e filmes do acervo das bibliotecas nacionais e instituições culturais dos 27 Estados-Membros da UE, tendo por exemplo de Portugal a Carta plana de parte da Costa do Brasil, um mapa de 1784.
Acessível, em todas as línguas da UE, através do endereço http://www.europeana.eu/ a biblioteca multimédia europeia conta com material fornecido por mais de 1000 organizações culturais de toda a Europa, incluindo Museus, como o Louvre de Paris, que forneceram digitalizações de quadros e objectos das suas colecções. Segundo a Comissão Europeia, que lançou esta iniciativa em 2005, este é "apenas o começo", pois a ideia é expandir a biblioteca, envolvendo também o sector privado, e o objectivo é que em 2010 a Europeana dê acesso a pelo menos dez milhões de obras "representativas da riqueza da diversidade cultural da Europa e terá zonas interactivas, nomeadamente para comunidades com interesses especiais". "Com a Europeana, conciliamos a vantagem competitiva da Europa em matéria de tecnologias da comunicação e de redes com a riqueza do nosso património cultural. Os europeus poderão agora aceder com rapidez e facilidade, num único espaço, aos formidáveis recursos das nossas grandes colecções", comentou o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso. Por seu turno, a comissária europeia para a Sociedade da Informação e os Meios de Comunicação, Viviane Reding, apelou "às instituições culturais, editoras e empresas de tecnologia europeias para que alimentem a Europeana com mais conteúdos em formato digital".


NOTICIAS

1. Edital para Relações Internacionais/CPDOC-FGV
O CPDOC da Fundação Getulio Vargas lançou edital para duas bolsas de pós-doutorado, com inicio em julho de 2009 e valor de R$ 5.000 mensais. Os candidatos devem ter defendido o doutorado a partir de janeiro de 2005. Mais informações em http://www.fgv.br/cpdoc
########
2. Concurso para professor de Historia/UFAM, UFRN- Sai, no final de janeiro de 2009, o edital de concurso para professor da área de Ensino de Historia (assistente) e de Historia da America (adjunto), ambos em regime de dedicação exclusiva. O acesso ao edital poderá ser feito pela pagina da Universidade Federal do Amazonas: http://www.ufam.edu.br/.
#########
- Poderão ser realizadas ate' 3/4/2009 as inscrições para o concurso publico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, nas áreas de Teoria e metodologia da Historia, Pesquisa histórica e Historia cultural do Brasil, em regime de dedicacao exclusiva. O salário e' de R$6.497,15. Mais informações em http://www.prh.ufrn.br/.
#########
- A Universidade Federal de Pelotas abre concurso publico para as áreas de Teoria Antropológica (1 vaga), Etnomusicologia (1 vaga) e Sociologia (2 vagas). As inscrições vão ate' 9/2/2009. Mais informações em http://www.ufpel.edu.br/pra/concursos/.
#########
- A Universidade Federal Fluminense (UFF) abriu concurso para professores nas áreas de relações internacionais e políticas publicas, teoria política e teoria sociológica. Inscrições ate' 30/1/2009. Mais informações em http://www.uff.br/copemag.
#########
- O departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Paraná abriu uma vaga para professor adjunto da área de Ciência Política - Relações Internacionais. O vencimento total e' de R$6.497,15 e o período de inscrições vai ate' 17/2/2009. Mais informações em http://www.progepe.ufpr.br/.
#########
- Poderão ser realizadas ate' 3/4/2009 as inscrições para o concurso publico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. São duas vagas para a área de Políticas Publicas, em regime de dedicação exclusiva. O vencimento total e' de R$6.497,15. Mais informações em http://www.prh.ufrn.br/.
#########
- A Universidade de Brasília abre concurso para área de Relações Internacionais e Economia Política Internacional (1 vaga, regime de dedicação exclusiva). O vencimento total e' de R$6.497,15. As inscrições vão ate' 8/2/2009. Mais informações em http://www.cespe.unb.br/concursos.
************
3. Bolsas de Pós-Graduação/Centro Internacional Celso Furtado
O Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento concedera' sete bolsas de auxilio 'a pesquisa: cinco destinadas ao mestrado e duas ao doutorado. O prazo para inscrição vai ate' 14/2/2009. Os projetos de pesquisa devem se inserir em um dos seguintes temas: os temas dos projetos de pesquisa foram ampliados: Emprego formal e desenvolvimento econômico; Desenvolvimento e política industrial; Restrição externa e crescimento; Financiamento do desenvolvimento; Desenvolvimento, mudança estrutural e inflação; Integração regional e desenvolvimento econômico; envolvimento local e regional no Nordeste; O pensamento de Celso Furtado. Mais informações em http://www.centrocelsofurtado.org.br/.
************
4. I Festival do Filme Etnográfico do Recife/PE
Estão abertas, ate' 30/4/2009, as inscrições de filmes etnográficos produzidos a partir de 2006 para o I Festival do Filme Etnográfico do Recife, promovido pelos programas de Pós-Graduação em Antropologia e em Comunicação da UFPE. O festival se realizara' de 1 a 4/6/2009, no espaço do Cinema da Fundação Joaquim Nabuco. A mostra competitiva ocorrera' 'as 19h durante todos os dias do evento. Os prêmios que a comissão designara' são de Melhor Filme Etnográfico e Melhor Documentário. Mais informações em http://www.ufpe.br/recife-etnodoc.
*************
5. Edital da sessão de vídeos do 14º Congresso da SBS-2009/UFRJTermina em 1/3/2009 o prazo de inscrição de produções videográficas de ate' 70 min. vinculadas aos centros de pesquisas ou programas de Pós-Graduação afins 'a SBS para a sessão de vídeos do 14º Congresso da Sociedade Brasileira de Sociologia, a realizar-se no período de 28 a 31/7/2009, na UFRJ. Mais informações em http://www.sbsociologia.com.br/.
*************
6. Colóquio Internacional Gênero, Feminismos e Ditaduras no Cone Sul/UFSC
Estão abertas, ate' 15/2/2009, as inscrições de trabalhos para o Colóquio Internacional Gênero, Feminismos e Ditaduras no Cone Sul. O evento será realizado na Universidade Federal de Santa Catarina, de 4 a 7/5/2009. Mais informações em http://www.coloquioconesul.ufsc.br/.
**************
7. XI Simpósio Nacional da Associação Brasileira de Historia das Religiões/UFGO XI Simpósio Nacional da Associação Brasileira de Historia das Religiões, cuja temática e' "Sociabilidades religiosas: mitos, ritos e identidades", será realizado na Universidade Federal de Goiás, campus II (Samambaia), de 25 a 27/5/2009. Mais informações em http://www.abhr.org.br/ ou através do e-mail: simposio@abhr.org.br.
**************
8. Curso de Especialização em História da Cultura e da Arte
Pós-Graduação lato sensu
* Inscrições: 09 a 20/02/09
Locais: Postos de atendimento da FUNDEP - Praça de serviços do Campus UFMG. Pampulha. Tel.: (31) 3409-4220
Conservatório de Música da UFMG. Av. Afonso Pena, 1534 – Centro. Tel.: (31) 3409-8330
Site: http://www.fundep.ufmg.br/
Documentos necessários: Comprovante de pagamento da taxa de inscrição; cópia da carteira de identidade, título de eleitor com comprovante de comparecimento às últimas eleições e CPF; se homen, cópia do Certificado de reservista; currículo; cópia do diploma de graduação ou equivalente ou documento que comprove estar o candidato em condições de concluir a graduação antes da data da matrícula; cópia do histórico escolar; 2 fotos 3x4.
* Seleção: 02 a 04/03/2009 - Análise de currículo/histórico e Entrevista.
Resultado Final: 06/03/09
* Vagas - 45 vagas para a especialização e 05 vagas para atualização.
* 10% das vagas serão preenchidas por alunos bolsistas. Os aprovados no processo seletivo do Curso de Especialização em História da Cultura e da Arte deverão solicitar o estudo sócio-econômico da FUMP (3213-7518) antes da data da matrícula. Os pedidos serão avaliados pela comissão de seleção, conforme resolução 07/2004 do Conselho Universitário.
* Matrícula: 09/03 a 13/03/09
Taxa de matrícula: pagamento da 1ª mensalidade
Locais: Secretaria do Curso de Especialização em História da Cultura e da Arte – sala 4142, 4º andar – FAFICH. Campus UFMG – Pampulha. Tel.: (31) 3409-5045 e Postos de Atendimento da FUNDEP
* Início das aulas: 17/03/09
Local: Auditório Prof. Baesse - sala 4059, 4º andar – FAFICH. Campus UFMG – Pampulha
Horário: terças, quartas e quintas, das 19:00 às 22:30.
* Investimento - R$ 3.929,94 à vista ( ou 9x de R$436,66)
* Oferta de Disciplinas 2009:
1º semestre:
Metodologia da História Cultural – Prof. Eduardo França Paiva
História e Cinema: Representações Culturais e Linguagem na Pesquisa histórica – Prof. João Pinto Furtado
História da Arte no Brasil – Profa. Adriana Romeiro
2º semestre:
História da Arte Contemporânea - Profa. Luzia Gontijo Rodrigues
Tópicos Especiais em História da Cultura e da Arte: Seminário Temático – Coordenação Prof. João Pinto Furtado
Iconografia e História – Prof. Magno Moraes Mello
**********************
9. Exposição de fotos no Diamond mall (av. Olegário Maciel, Lourdes, Belo Horizonte), vai até 26 de fevereiro . O tema é Belo Horizonte fotografias.
*************
10. Exposição de fotos no instituto Moreira Salles (Belo Horizonte),que começa dia 4 e vai até dia 26de abril deste ano. O tema é Visões de Buenos Aires/Horacio Coppola.
*************
11. Curso de férias de História UFPE
3º CURSO DE FÉRIAS DE HISTÓRIA – 09 a 13 de fevereiro.
Tema: A INVENÇÃO DO NORDESTE.
O curso de férias de História da UFPE é promovido pelo Diretório Acadêmico Francisco Julião e acontece de 09 a 13 de fevereiro das 14 às 17 horas no auditório do CFCH-UFPE.
INSCRIÇÕES:Na Sede do D.A., no segundo andar do CFCH, perto da Escolaridade ou através de depósito bancário na boca do caixa seguindo os dados:
AGÊNCIA (Caixa Econômica Federal): 0046
CONTA POUPANÇA: 006795
NOME: Vanda Leonôra Rocha Borba Silva Filha
QUANTO: R$ 5,00
Após fazer o depósito enviar e-mail solicitando confirmação de inscrição para: dahistoriaufpe@gmail.com


















0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial